My Top: Os melhores discos de 2012 (Rock/Metal) – Parte 3

30 – Trixter – New Audio Machine
Trixter – New Audio MachineO Trixter volta a lançam um álbum desde 1995, e com os mesmos integrantes de seu debut. O som da banda é um Hard Rock oitentista, elevado a outro nível, utilizando de velhos elementos de uma ótima maneira. Recomendado para qualquer um que goste de boa música e obrigatório para fãs de Hard Rock.

Slash – Apocalyptic Love29 – Slash – Apocalyptic Love
O debut de Slash, apesar de muito irregular, foi muito bem recebido pela crítica. Agora ele juntou o The Conspirators e Myles Kennedy no vocal para montar essa sua banda. O resultado é excelente, ainda mais porque Myles também é guitarrista, e também ajudou bastante Slash nas composições. Pena que Kennedy aqui se limita a adequar-se à banda, pois ele tem um poder e variação vocal bem maior do que o mostrado aqui. Ainda assim, canta muito bem, e o resto da banda também se mostrou muito competente. Já Slash, mostra como vem evoluindo a cada ano que passa, trazendo agora um disco muito forte e competente.

28 – UFO – Seven Deadly
U.F.O. – Seven DeadlyO UFO é uma daquelas poucas bandas clássicas que ajudaram a definir o que é o Rock, Heavy Metal, até mesmo o Thrash Metal, mas é pouco reconhecida por isso. Sem dar qualquer sinal de cansaço, mesmo após incríveis 43(!) anos de existência, a banda lançou mais uma vez um excelente disco. A banda mostra tranquilidade em desfilar sua qualidade em qualquer sub-gênero do Rock que se aventure durante as faixas, mas o que eles mostram é que são mestres do Hard Rock. Pode não ser um clássicos da banda, mas é um excelente disco.

27 – Van Halen – A Different Kind Of A Truth
Van Halen – A Different Kind Of A TruthSinceramente, demorou muito tempo para me interessar em escutar esse disco. Todo dia ouvia uma notícia entre algum problema de Eddie com David, então realmente pensava que esse disco não seria grande coisa. Mas quando comecei a escutá-lo, percebi que o single Tattoo enganou todo mundo e o disco é muito melhor do que ela fez parecer que seria. Músicas não muito grandes, extremamente agradáveis e de extremo bom gosto seduzem o ouvinte em pouco tempo. Roth não é o cantor de antigamente, mas sua voz ainda é que se combina melhor com qualquer coisa que Eddie Van Halen faça. Mais uma banda clássica que surpreendeu ano passado com um excelente disco.

26 – Stone Sour – House of Gold & Bones Part 1
Stone Sour - House of Gold & Bones Part 1Infelizmente, o Stone Sour é o tipo de banda que as pessoas julgam antes de conhecer por algum motivo. E esse motivo é ter o mesmo vocalista da banda mais odiada do metal, o Slipknot. Mas diferente da banda de metal que sempre fez um metal as vezes bom, as vezes meia boca, o Stone Sour sempre lançou discos realmente interessantes. E aqui, a banda parece chegar finalmente a sua maturidade em seu provável melhor disco. As músicas são pesadas e acessíveis ao mesmo tempo, sem apelar. Um som moderno, criativo e de qualidade. Tomara que a segunda parte seja tão boa quanto a primeira.

25 – Jeff Scott Soto – Damage Control
Jeff Scott Solo – Damage ControlDamage Control marcou a volta do vocalista ao Hard Rock, e que volta! O disco varia entre músicas com um Hard Rock com forte pegada e belas músicas que impressionam pela criatividade. A cozinha é muito competente, e os riffs dos discos brigam de frente com o maravilhoso vocal de Jeff para ver quem se destaca mais.

24 – El Caco – Hatred, Love & Diagrams
El Caco - Hatred, Love & DiagramsA Noruega é conhecida pela forte cena Black Metal do país, mas engana-se que é a única coisa boa que sai do país. O El Caco, banda que já chega ao seu 6° álbum, pela primeira vez sai em uma gravadora que dá amplitude para banda ser conhecida internacionalmente. Ainda bem, porque o nível que temos aqui é algo muito raro hoje em dia. A banda atua em razão dos riffs (maravilhosos, por sinal), misturando o som dos anos 70 de Led Zeppelin e Black Sabbath com um som moderno. Uma das melhores surpresas do ano.

23 – Xandria – Neverworld’s End
Xandria - Neverworld's EndO Xandria era uma boa banda de Gothic Metal que sempre chamou atenção pela sua excelente vocalista Lisa Middelhauve. Quando ela saiu da banda, o futuro da mesma parecia incerto, mas então chegou Manuela Kraller em seu lugar, com um vocal tão poderoso quanto o de Tarja Turunen, a intocável melhor vocalista do metal. Do Gothic Metal, a banda partiu para o Symphonic Metal e mostrou um nível assustadoramente alto. O disco é tão bom que bate de frente com qualquer disco do Nightwish. A melhor surpresa do gênero no ano.

22 – Lacuna Coil – Dark Adrenaline
Lacuna Coil – Dark AdrenalineO Lacuna Coil era uma das principais revelações do Gothic Metal, mas depois de tantas mudanças, chega nesse disco como metal alternativo. O CD mistura o melhor do que já fez no início da sua carreira no lado obscuro misturando de maneira excelente com a maior acessibildade que vem tendo. Aqui mistura tudo da carreira da banda (menos o experimentalismo exagerado do Shallow Life) e evolui em algo único, formando o provável melhor trabalho do grupo, pelo menos no nível dos dois primeiros discos. A evolução de todos os membros é notável, o jeito único que Scabbia vem cantando e como Andrea realmente melhorou. Um som simples e extremamente agradável.

21 – Accept – Stalingrad
Accept – StalingradDesde a chegada de Mark Tornillo como vocalista da banda no lugar de Udo, o Accept parece que ganhou nova vida. Junto com Blood Of The Nations, esse disco é um dos melhores da banda, talvez até o melhor. Mantém a pegada do último disco, um Heavy Metal de primeira classe. Para os que reclamam que “não é Accept sem Udo” deveriam rever tal preconceito, pois o vocal de Mark é quase idêntico e tão bom quanto. Um dos melhores discos do Heavy Metal desse ano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s